Atos Negros

Conjurando...

Fazer Pacto

DEMONOLOGIA - O QUE NÃO TE CONTAM - 16 de março de 2021

Tatuagem, selos demoníacos e o cu na reta

Olá galera, mais uma semana começando e como sempre mais uma matéria no quadro O QUE NÃO TE CONTAM aqui na Atos Negros, hoje vamos falar um pouco sobre a prática de tatuar símbolos, sigilos e imagens de bichos no corpo, se é ruim ou errado e se vão ou não botar o teu cu na reta.

Sigilo e Símbolo

A primeira coisa que eu quero deixar bem clara aqui é que um símbolo e um sigilo são coisas bem diferentes, o que mais temos por aí são pessoas tatuando símbolos religiosos pelo corpo, tempos cruzes, ideogramas, “Jesuses”, budas, capetas e toda imagem que exista na cabeça de alguém criativo, e elas apesar de remeter a alguma religião ou culto, não tem nenhuma utilidade mágica em si senão uma leve idolatria pessoal e não coordenada, algo como um cara que tem um crucifixo no pescoço mas não é praticante, ele só acha bonito.

O sigilo e o que você não vê

Então temos o sigilo, ou selo, ou simplesmente um símbolo secreto carregado de energias e vontades que um belo dia um cara escreveu e teoricamente não contou pra ninguém o significado e nem a forma de montagem do mesmo, ou seja, é um segredo. O sigilo, como já sabemos parece até uma brincadeira de criança quando começamos a estudar magia/ocultismo, é basicamente você codificar símbolos que representam a sua vontade, esses símbolos podem ser letras, números ou gravuras, as quais você mistura, codifica e energiza, transformando aquele selo então num selo VIVO.

Mas Gigim, tu tem um Tetragrammaton tatuado

Sim, muitos ocultistas o tem, e perceba que o Tetragrammaton entra numa categoria que chamamos de AMULETOS, pois são uma mistura de sigilo com símbolo, tanto que apesar de complexo e divertido o Tetragrammaton é facilmente decodificado por um ocultista com experiência ou qualquer um que saiba usar o Google, e percebe-se que ele é um amuleto que representa quase tudo o que um ocultista pode usar para sua proteção, ou seja, temos um sigilo, um símbolo e a forma de ativá-lo, e temos milhares de outros amuletos que foram descobertos nos grimorios mais variados, e quase todos tem o mesmo funcionamento e sendo bem populares entre o povo em geral.

Agora cagou tudo Gigim, Sigilo, Símbolo e Amuleto!? Qual posso tatuar sem problemas?

Símbolos claramente podem ser tatuados sem preocupação, afinal tudo é símbolo pra alguma coisa, um exemplo disso é que alguém envolvido com tráfico de drogas tiver um Joker tatuado, simboliza que ele já matou ou mata policiais, um ex presidiário com a frase “amor só de mãe”, simboliza que é estuprador, carpas simbolizam força de um samurai, dragão a sabedoria, ou seja, símbolos é o que sempre tatuamos.

Amuletos são quase que iguais a símbolos, porém deve-se tomar um certo cuidado com eles, alguns amuletos são raros e complexos e não tão populares, então às vezes você acredita que tá sendo um diferentão quando na verdade tá tatuando uma placa de “pode vir que tá facinho” na sua bunda, então apesar de amuletos também entrarem na categoria de “pode tatuar de boas”, antes faça uma pesquisa aprofundada sobre o significado e a origem do mesmo.

Sigilos e Selos… Bom aí tu tá querendo botar fogo no parquinho, percebam que você tem duas opções bem abrangentes pra tatuar, mas você decide que vai tatuar um selo/sigilo… Bom, vou falar nessa parte da matéria sobre os selos de demônios e na próxima parte continuarei falando de sigilos, ok?

Tatuar SELOS, como marcar seu gado

Selos de demônios são sigilos criados por estudiosos, em sua maioria não praticantes, de magias místicas, os mais famosos atualmente são os 72 selos do Lemegeton que nego dá autoria à Salomão pra poder vender mais, porém sabemos que nada mais é que um compilado de um monte de estudos e TEORIAS de caras que sequer acenderam uma vela, então partindo desse ponto vamos à pergunta: Vai dar ruim tatuar um selo de demônio?

A resposta é… NÃO.

Tatuar somente o selo sem o NOME escrito não vai ter sentido algum, afinal ninguém sabe exatamente o que está escrito ali, o pouco que se sabe é que não é somente o nome da entidade que está ali, mas também toda a negociação e contrato que deve ser feito para que ela apareça, porém sem o ritual e a energização o selo nada mais é que um monte de rabisco, porém perceba que o NOME da entidade que está ao redor, esse deve ser apagado, pois assim como você sabe o peso da tatuagem da sua ex no seu pinto, você sabe que nomes tem poder, e se uma ex pode estragar certos momentos, imagina um Astaroth.

Bom, pra matéria não ficar tão longa vocês já sabem, amanhã eu continuo, falando mais sobre selos de demônios e de sigilos do ocultista

Até a próxima, Hasta!


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

Scroll Up