Atos Negros

Conjurando...

Fazer Pacto

BATE-PAPO - 4 de fevereiro de 2021

Grupo de estudos, topa?

Fala galera, eu sou o Gigim e hoje vamos falar de uma coisa que tem sido bastante comentada depois que reativei a Atos Negros… Os grupos de estudos vão voltar?

Pode parecer bobeira

A galera da velha guarda tá mais acostumada com esse termo que a maioria, os famosos grupos de estudo de ocultismo, a eterna galera “wannabe” de ordem, uns caras bem esquisitos mas que rendiam bons papos a madrugada inteira e em alguns casos até alguns romances, pois é, esses eram os grupos de estudos do começo dos anos 2000.

Como funcionava?

Sempre existiram grupos de estudos presenciais em todos os lugares do mundo, porém com a internet a conexão entre esses tipos de pessoas se tornou mais fácil e mais prática, e lá pelos começos dos anos 2000 tivemos uma ferramenta chamada ORKUT, que era uma rede social absurdamente diferente do Facebook e de todas que vieram depois, e o motivo era bem simples, ao contrário do Facebook/Instagram/Twitter/Youtube onde a ideia é se tornar famoso, o ORKUT tinha a proposta de juntar grupos específicos, fossem eles ocultistas, artistas, gamers ou jogadores de colheita feliz, criava-se uma comunidade e esperava pessoas entrarem pra falarem o dia todo DO MESMO ASSUNTO.

Onde entravam os grupos de estudos?

Apesar de ter comunidades enormes como a PRATICANTES DE MAGIA NEGRA com seus milhões de membros, também tínhamos comunidade menores e que não tinham o menor desejo de “crescer demais”, era muito mais fácil naquela época você deletar membros pra poder organizar melhor a comunidade do que fazer propaganda SPAM para aumentar ela, e isso dava um ar de sobriedade que não vemos hoje, as comunidades eram mais parecidas com clubinhos ou como já citado grupos de estudos.

Menos é mais

Com um número limitado de membros, onde você conhecia 80% deles e a movimentação não era infernal como nas redes sociais de hoje em dia, era fácil alguém criar um tópico “aprendendo banimento”, onde ele ensinaria a prática e responderia dúvidas de membros e os mesmos contariam suas experiências, ao fim depois do tópico bem preenchido e explicado e quase todos os membros interessados já tinham participados, era aberto outro tópico e por assim ia… parece simples né? E é, e funciona.

Por que não funciona no Facebook? Lá temos os grupos.

Os grupos foram tentativas de agrupar pessoas com mesmos interesses no Facebook, porém o sistema de TIMELINE não ajuda para que um tópico entre em pauta, ao mesmo tempo que um tenta ensinar como criar um condensador fluídico, tem 30 pessoas fazendo SPAM de macumba online ou de tirar tarot, além de mais uma galera simplesmente escrevendo “quero ficar rico”, “quero vender minha alma”, logo o modo de organização do Facebook é pífio para um mini-fórum, como era o ORKUT.

E Então Gigim, a Atos voltando é porque voltaremos com os grupos de estudo, né?

A resposta é TALVEZ, como muitos sabem eu sou webdesign, eu sou responsável pela criação, edição e manutenção dos sites onde eu também sou responsável por criar conteúdo, não que eu não goste, eu amo isso tudo, porém usando a Atos Negros do orkut como exemplo, nós tínhamos o chamariz, que eram as matérias que eu escrevia e o grupo criavam mais postagens para a discussão, ainda estou vendo a melhor forma de implementar isso aqui, e provavelmente será no formato de fóruns abertos de cada matéria postada, mas muitas pessoas tem se inscrito aqui e provavelmente vou receber sugestões delas.

Esse não é um texto divertido e nem ocultista, é mais como algo que eu queria fazer, então é isso

Se gostaram da ideia, comentem, seja aqui ou no Facebook ou no Whatsapp, Vlw Hasta


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

Scroll Up