Atos Negros

Conjurando...

Fazer Pacto

DEMONOLOGIA - 30 de março de 2021

Evocando um demônio pt.final

Fala galera, Gigim mais uma vez aqui para finalizar a série de postagens de como evocar bichinhos fofinhos do lado de lá que não fazem perguntas mas entregam o recado, deixo claro que não citei e nem vou citar todos os métodos de evocação/conjuração/invocação, mas só uma introdução pra galera que se interessar começar a estudar, então vamos nessa.

Parte final mas não o fim

Como citado anteriormente essa é a parte 3 da matéria, sendo uma um podcast, e o nível das evocações apresentado foi aumentando gradativamente, obviamente aqui serão as 3 formas menos ortodoxas, porém existem piores e mais algumas dezenas de formas conhecidas, mas não vou ficar repetindo o tema muitas vezes então essa é a última parte de um assunto que não acabou, ok?

7º Método – Adoração extrema

Esse método é uma mistura de idolatria com outras formas de evocação, podemos dizer que é um refinamento de um grupo de pessoas que quer MUITO manter a presença de um bicho aqui na terra. Consiste em um belo dia um cara comum definir um bicho favorito pra ele, pode ser demônio, anjo, espírito, daemon, o que for, desde que não pertença ao plano físico e possa conceder algum tipo de vantagem, feito isso o rapazito dedica a sua vida a pregar a palavra daquela entidade, mesmo que ela nunca tenha falado nada, ele irá criar uma egrégora ao redor do nome dela, livros, cultos, templos, dogma e seguidores, esses que serão guiado por uma espécie de profeta ou líder de culto, que promete mundos e fundos mas na verdade tudo o que está fazendo é cultuar a tal entidade que ele escolheu lá no começo.

Nível de dificuldade: Difícil, leva muito tempo pra se criar um culto realmente relevante.

Taxa de efetividade: Alta, quando muitas pessoas adotam a adoração de outra a voz ecoa mais alto do lado de lá.

 

8º Método – O filho gerado

Pensa num cara do método anterior, porém MUITO mais pirado, e cercado de gente ainda mais pirada e louca pra fazer sexo ritual? Pois é, o resultado disso é um culto com cunho sexual, normalmente demonólatra e que acreditam que conseguem gerar crianças que ao invés de alma humana possuem o “espírito” de um Daemom/demônio… Sim é uma piração total e normalmente essa galera usa muita droga e essas crianças ou morrem ou acabam indo parar na fila da adoção e nunca descobrem de sua origem sombria, porém existem cultos que utilizam desse método porém de forma mais sóbria, e acreditam sim que geraram filhos herdeiros de algum tipo de bicho do lado de lá, pra mim são tão pino-bola quanto os primeiros, porém eles levam isso bem à sério, cuidando do “filho adotivo” com todo o cuidado necessário para que ele tome o lugar do “pai” nesse mundo.

Nível de dificuldade: Difícil, você meio que tem que fazer ou adotar uma criança e cuidar dela ritualmente a vida inteira.

Taxa de efetividade: Desconhecida, nunca vi um desses “depois de pronto”, só enquanto nenéns.

 

9º Método – O filho escolhido

Não estou falando de um casal de ocultistas que gosta de brincadeiras mais quentes não, infelizmente o método de tortura espiritual consiste em você judiar tanto fisicamente quanto psicologicamente de uma pessoa ao ponto de fazê-la acreditar que é um receptáculo de demônio. Ocultistamente funcionaria da seguinte forma, pegamos uma criança ou adolescente que tem uma vibração energética/espiritual comum e iremos judiar tanto, mas tanto dela e destruir tanto mas tanto o psicológico dela, que no final ela realmente irá acreditar que é um demônio, e por ser tão jovem e crer tanto nisso a frequência espiritual dela irá se equiparar à da entidade a qual queremos fazer com que ela incorpore. Obviamente não preciso dizer que é um método bárbaro e que a pessoa “aparelho” sequer tem vida, mas foi e ainda é usado.

Nível de dificuldade: Extrema, é basicamente sequestro e tortura.

Taxa de efetividade: Desconhecida, é crime e não faria parte disso.

 

Bom galera, por hoje é só, esse teme deve demorar a voltar porque já tivemos muitas sugestões novas esses dias. Percebam que nessa parte da postagem a coisa ficou mais direcionada aos “cultistas”, e é porque entre eles o bicho pega de forma bem sinistra, apesar de não tão divulgados.

Até  próxima, Hasta!


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

Scroll Up