Atos Negros

Conjurando...

Fazer Pacto

DEMONOLOGIA - 12 de março de 2021

(ANÁLISE) A Magia de Lilith

Fala galera, hoje vamos falar um pouco do conteúdo de um e-book que tá rolando pelas redes sociais desde 2016 e já está na sua 2ª edição, o controverso “A Magia de Lilith”, o link dele vai estar ao final da matéria para quem quiser conferir, é um livro de bolso curtinho com menos de 40 páginas, legal pra ler no busão, então vamos lá.

Sério Gigim Lilith de novo?

Pois é, eu disse que ela sempre volta, a nossa demônha putona a primeira a pedir o divórcio, aquela que inventou o ménage à trois está sendo citada novamente no nosso portal, e dessa vez de uma forma um pouco menos agressiva, pois cansei de falar mal dos adoradores dela, e sim eu tô falando de vocês. Mas dessa vez peguei um e-bookzinho e fui ler enquanto tomava café e algumas coisas me deram vontade de escrever essa matéria, falando um pouco da realidade sobre a tal entidade e algumas incoerências no texto citado.

Quem é a Lilith (desse livro)

“Olhe para
o céu agora você estará diante
da face demoníaca de Lilith,
não a Lua Negra, mas a face
negra da lua, aranha vampira,
o ser sem dualidade, incapaz
de amar a humanidade,
estamos sim frente a um
demônio que exige muito mais
do que se pode imaginar para
que se obtenha algo extraído
de seu poder, a própria
tempestade como diziam os
sumérios. Lilith aquela que
rege legiões de Incumbus e
Succumbus.”

Clichêzaço né? Aposto que você conseguiu imaginar uma mulher com os cabelos voando em um redemoinho de fumaça e relâmpagos e alguma música épica no fundo…. Pois bem, essa é uma visão que muitos tem de uma “Demônio” Lilith, gostosona meio dominatrix, raramente representada como afrodescendente e menos ainda da forma que qualquer ser relacionado a sexo e luxuria deveria ser, sem sexo ou com os dois sexos, como encontramos em muitas imagens de Lúcifer, não aqui nossa amiga Lilitu representa a falta de dualidade, ela é a “mulher” com poder e tem esse comportamento citado aí em cima, que mais parece uma mulher na TPM que uma Deus ou Demônio que se preze.

Qual a mensagem de Lilith (desse livro)

“Lilith é aprender a sentir Lilith
que representa o principio
feminino, ela é a aceitação da
auto verdade, é sabedoria,
Lilith é a força e o desafio
feminino, ela é a essência da
mulher criadora, é poder, é o
instinto do espirito livre,
sexualidade sim, mas sua
energia sexual é livre e natural,
ela é a igualdade entre homens
e mulheres, jamais a submissão
da mulher, não ao poder
patriarcal, e sim o aspecto
terreno do feminino, do
despertar sexual”

Incoerência? Claro, meu jovem, estamos falando de um bicho que alguns veem como Deusa outros como Demônio e alguns simplesmente como uma ideia, não tem como escrever um livro tão curto sem bater com a cara em um monte de incoerências, sejam elas de comportamento ou de origem do bicho analisado. Mas o que podemos tirar desse contexto é que aqui a Lilith é mais vista como ideia do que como entidade em si, sabemos que ela é a queridinha quando o assunto é se desprender de conceitos tradicionais, como citado anteriormente ela foi a primeira a dizer NÃO pra um cara, afinal só tinha ela e um cara no mundo, e de acordo com esse livro após o NÃO ela foi curtir a putaria no Inferno, por isso ganhou o título de demônio.

Ela é um bom exemplo para se seguir?

Apesar de toda essa mágica colocada ao redor dela, sabemos que é tudo balela, ela não foi esposa de Adão, ela não é uma Deusa e pra quem já trabalhou com Goétia sabe que ela não está nem um pouco alto no escalão infernal, como criadora ela manda ainda pior porque afinal o que Lilith realmente criou? Exatamente, succubus que nada mais são que vampiros/larvas astrais que qualquer zé ruela cria às vezes até sem querer. Não encontramos grandes textos sobre “o reino de Lilith” ou da grande participação dela em qualquer religião ou culto que seja, apenas que ela representa “puta”.

Conclusão

Um ocultista pode ser sim um adorador, um cultista idolatrar entidades, isso é comum e normal nesse meio, porém é complicado entender quem iria querer cultuar uma entidade patética dessas, na minha opinião pessoal como estudante e praticante de magia a muitos anos, Lilith está muito mais para um defeito que devemos superar para crescer do que para uma “Deusa/Demônio” que deveríamos cultuar.

 

 


links referentes ao e-book

http://www.satanismodocaosaordem.com.br/

https://www.youtube.com/channel/UCAMw_BLJEmaB2j3r7Sb9hWQ/videos

https://www.facebook.com/groups/satanismodocaosaordem/


 

GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

Scroll Up